sábado, 30 de maio de 2009

e ficar aqui
acordada às oito
no sábado de manhã,
depois de ver,
meu amor tão quentinho
deixar a cama
pra trabalhar...

... é impaciente.

(sem rimas, porque a falta de paciência
é coisa que afeta tudo: corpo, mente e... coração?
não.
emoção...!)

sexta-feira, 29 de maio de 2009

... eu não vivo de concreto.
...de hoje, com dia nublado e bem feliz!

...e hoje, o que quero
é mostrar pra todo mundo
que o prazer de quem vive
é mesmo bem completo,
é mesmo bem profundo.

a não ser para aqueles
que vivem só de concreto,
pedras duras e cimento
pensando a todo tempo
que vai morrer bem quieto.
... do dia 15.05.2009

O céu aqui ta branco
de vontade de chover.
Minha alma tá vermelha
de momentos sem prazer.

Minha vida bem tem sido
essa bola efervecente
que só ferve quando a gente
põe mais fogo e faz doer.

Nunca mais eu vou falar
dessas coisas que me doem
nem de casos que corróem
minha mente, meu pensar.

... eu só vou falar do amor,
sentimento sem furor
que vem mesmo pra arrasar.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

hoje tá nublado
mas tá tranquilo,
ouvindo Beatles
e olhando
esse tempo
parado.

terça-feira, 19 de maio de 2009

We're back in the game, folks!

... mais forte do que nunca.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

hoje o céu amanheceu cinza e com chuva.
será que as pessoas lá em cima sabem
que aqui dentro também tá cinza e chovendo...?

... engraçado. minha chuva é salgada.
deixa eu ir lá fora ver como é a chuva de verdade.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

... e quem diria,
que o ponto seria
definitivo assim.

sabia que um dia,
o que aconteceria
ia ser o fim.

(postagem de uma noite triste e muito fria
em que até o céu chora por mim.)

quarta-feira, 13 de maio de 2009

estou chateada.

ponto.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

e, mais uma vez eu...

c

a

í

í

í... bem fundo.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

hora de renascer,
de crescer e entender
que a vida é assim tão crua,
pra passar o tempo todo
vivendo só de morrer.

terça-feira, 5 de maio de 2009

assim, saudade, sinto sempre.
mas se sentisse só saudade,
seria simples ser eu só.