sexta-feira, 27 de março de 2009

(7 de agosto de 2008):

O tempo vem e estraga essa gente
"livre" desde criança.
Estraga o corpo, estraga a mente.
Estraga tudo, passado, presente,
até o futuro, quem sabe...

Quanto a isso, eu já não sei,
nem quero saber.
Tenho muito pra viver ainda,
deixa ir, vamos ver...

quarta-feira, 25 de março de 2009

agora arrumada, consertada, entendida.

=)

sobre imprevistos.

dilacerada, esmagada, esbaforida.
mal julgada, estilhaçada, desnutrida.
abafada, saturada, escorrida.
torturada, transtornada, bem falida.
robotizada, ressecada, dolorida.
recortada, desmanchada, esquecida.
desmiolada, acabada, não-florida.

... e eu nem tô na tpm.

quinta-feira, 19 de março de 2009

homenagem às vidas que passam reto e às que fazem curva:

minha vida passa reto
tipo mina de vestido
quando o cara assobia
bem vulgar e bem direto.

minha vida passa reto
tipo linha do horizonte
quando o sol tá bem embaixo
e (nossa) lua, sempre avante.

minha vida passa reto
sempre reto, sempre reto.

exceto quando eu durmo,
porque sonho, sonho, sonho
dentro desse mundo incerto.
... nem sei o que dizer, de tão nervosa que as pessoas conseguem me deixar. Já entrei em inércia.

quarta-feira, 18 de março de 2009

sobre a menstruação


Menstruação
, segundo a Wikipedia: "(...) é o fenômeno fisiológico do período fértil da mulher, que ocorre caso não se dê a fecundação do ovócito II, permitindo a eliminação periódica através da vagina, do endométrio uterino (ou mucosa uterina)".

...

Em outras (minhas) palavras: menstruação é um sintoma físico que bate cartão todo mês e tem como missão, lembrar diariamente que a mulher é atrelada à natureza e que não vai ser diferente. Existem medicamentos que fazem a mulher parar de menstruar e, dizem, que o processo é completamente reversível e que, quando esta mulher estiver (física, psicológica e financeiramente) preparada para ter um(a) filho(a), ela pode simplesmente parar com o tratamento e começar a ovular normalmente a partir daí. Ainda não se sabe que consequencias isso pode trazer no futuro... Mas, enfim.

Eu não gosto de menstruar. Penso em não ter filhos (ou, quem sabe, só um. Uma. Uma menina, mas só quando eu tiver completamente estabilizada psicologica e financeiramente). Tomo pílula para regular meu ciclo que, por natureza, é desregulado ao extremo, coisa de ficar quatro meses sem menstruar e depois passar nove dias menstruando, sem parar, com cólicas absurdas.

Eu não gosto de menstruar. Sinto muita cólica que não passa com a pílula, como a ginecologista disse que provavelmente aconteceria (com um olhar de descaso, incluisve, durante toda a consulta). E a TPM, então? Nossa, sou capaz de matar, de acabar com a moral das pessoas e de agredir muito pessoas que gostam de mim... Simplesmente porque falta serotonina no meu cérebro e ele fica louco sem ela. Existem remédios pra controlar isso, maaaaas... eu não gosto de remédio.

Eu também não gosto de menstruar... já disse isso? Não me lembro. Isso acontece, porque minha memória, assim como minha concentração também se altera quando estou menstruada, com cólicas, ou até antes disso, durante a TPM que, inclusive, tem início 15 dias antes do primeiro dia de sangramento. Ou seja: eu já estou na TPM, praticamente, desde o dia primeiro de março. Legal, né?

Eu não gosto de menstruar... nem um pouco. Fico nessa tensão desde o décimo quinto dia antes da dita cuja "descer", tenho dores no útero, tenho dores nos seios, tenho dores nas pernas e nas costas, desde a região da lombar até o pescoço. Não gosto nem um pouco de menstruar, porque isso afeta TODO meu cotidiano: meu trabalho, meu relacionamento, meus amigos, meu TCC e meu jeito de dirigir. Fico agressiva, impo(t)(n)ente, chorona, sensível, louca e tenho mudanças de humor absurdas...

... mas aí a natureza resolve ser boa e expelir logo todo esse sangue podre e óvulo morto não-fecundado que ficaram cozinhando dentro de mim, durante dias. E eu menstruo. E, finalmente, a dor passa; o humor estabiliza; a pele melhora; o cabelo brilha; o olho brilha; meu namorado brilha... A menstruação limpa tudo: sangue podre, alma podre.

Ah! Como eu gosto de menstruar! =)


sábado, 14 de março de 2009

tô perdida, elouquecida, atrapalhada e estarrecida.
tô carente, indecente, mal-amada intensamente.
tô maluca, muito puta, fico velha e bem caduca.


... deve ser a TPM.

terça-feira, 10 de março de 2009

vem e vai, vem e vai
nunca pára e nunca cai,
essa vida pequenina
que parece uma menina,
bem pequena, bem-nascida,
bem mimada e enlouquecida.

mimada...!

sexta-feira, 6 de março de 2009

O que significa uma pessoa que não suporta calor, desviar a rota de volta para casa, depois de um dia infinitamente cansativo de trabalho, pra te ver, mesmo que por cinco minutos?

... significa MUITA coisa. =)

E novamente Danilo Sales me deixa feliz.

foto: Cintia Sales