quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

(para Danilo Sales)


Às vezes penso que fiquei velha, com dor no joelho e nas costas;
que o amor não vale a pena, pra que casar se vai separar?;
que a água ta fria e não esquenta, que a vida é chata, paciência;
que eu não sei cozinhar, nem lavar, nem passar... nem pensar;
que já não importa mais nada...

Às vezes eu penso que fiquei chata.




E, então, abro os olhos e vejo na TV: "Tessália, a Twitess do BigBrother, fez boquete no loirão, pro deleite do pay-per-view e das massas... que tesão!".

Logo penso que estava errada e fico muito feliz por ser quem sou...

... e boa noite pra vocês e pro meu amor. Porque SIM! Eu amo, com louvor, e termino assim, minha noite, com prosa-poesia, como sempre faria em outros tempos de paz ou dor, cantando pra todo mundo, com riminhas de criança, sentimentos de esperança, ingenuidade e explendor.


(auto: Laura Sobenes e o amor)