domingo, 1 de dezembro de 2013

recomeçar, depois
de uma amiga falar
"deixa eu ver seu blog?"

e eu que pensei por muito 

tempo e nem gravei: 
"comigo ninguém pode!"

agora, tá tarde. Será? Não

sei. Só sei que o alarde
agora é "não me toque!"

terça-feira, 5 de julho de 2011

silêêêêncio...

o silêncio é uma prática engraçada, se você for, assim, um adepto do humor negro, claro.

existe aquele tipo de silêncio que conforta; o silêncio da reclusão, da meditaçao. aquele que nos traz ensinamentos.

existe o silêncio entre pessoas, aquele momento confortável em que ninguém precisa dizer uma palavra. traz conforto e gera uma cumplicidade que os que observam de fora, nunca entenderão.

... e existe o silêncio forçado, aquele que provoca uma dor irritante no estômago; dor que começa na cabeça, passa pela boca que está travada, desce rasgando pela garganta até alcançar o fígado e dar aquela pontada nas costas.

esse é quase um silêncio de morte, com a única diferença que ela vem pra trazer paz.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

conversas difíceis.
difíceis.
demais.

conclusão da madrugada

tem um acelerômetro dentro de mim: uma hora tô na vertical; outra, na horizontal.

às vezes, tô de ponta-cabeça.

domingo, 3 de julho de 2011

gente

mono

ssilá

bi

ca

.