segunda-feira, 4 de julho de 2011

conclusão da madrugada

tem um acelerômetro dentro de mim: uma hora tô na vertical; outra, na horizontal.

às vezes, tô de ponta-cabeça.

Nenhum comentário: